A Olympus Corporation assinou um memorando de entendimento com a Japan Industrial Partners (JIP) para a transferência do seu negócio de imagem e fotografia. Isto significa que a fabricante japonesa abandona o negócio relacionado com a investigação e desenvolvimento de novos produtos ligados às câmaras fotográficas. A transição definitiva será realizada no dia 30 de setembro, dando origem a uma nova entidade denominada por NewCo.

A JIP é um grupo de financiamento equitativo privado especializado na reestruturação e capacidade de resolver situações desfavoráveis. O grupo adquire negócios que estejam a dar prejuízo, investe para os tirar do vermelho e torná-los lucrativos, e depois voltar a vender a empresas interessadas. Como exemplo, a JIP adquiriu a Vaio, o negócio de computadores portáteis da Sony.

No comunicado, a Olympus refere que havia feito restruturações na sua base de fabrico, focando-se nas lentes permutáveis. No entanto, o negócio de imagem da empresa registou perdas operacionais durante três anos fiscais consecutivos, o último em março de 2020. A empresa acredita que retirar essa área de negócio e entregá-la à JIP seja a melhor estratégia, para que se torne autónoma, mais compacta e eficiente, capaz de se autofinanciar e crescer continuamente.

A NewCo vai dar continuidade à investigação e desenvolvimento, assim como ao fabrico de novos produtos, incluindo a câmara OM-D e as objetivas Zuiko, dentro do plano da restruturação feita pela JIP. A Olympus refere que vai continuar a suportar os produtos que tenham sido distribuídos pela marca.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.