Depois do encontro com o homólogo norte-americano Barack Obama e com a comunidade portuguesa e luso-descendente no país, o Presidente da República Cavaco Silva termina esta segunda feira a visita oficial de cinco dias aos Estados Unidos com uma passagem por aquela que é considerada a Meca da tecnologia: Silicon Valley.

Do "roteiro tecnológico" faz parte uma conferência na Universidade de Stanford, um encontro com o presidente da Cisco e a visita à Plug and Play Tech Center, uma incubadora, onde têm estado alojadas algumas start-ups e empreendedores portugueses.

O objetivo da visita da comitiva de Cavaco Silva à Califórnia, que integra entre outros elementos Carlos Oliveira, secretário de Estado da Inovação Competitividade e Empreendedorismo, é marcadamente diplomático, no sentido de poderem vir a estabelecer-se maiores "laços" que conduzam à instalação de mais empresas portuguesas naquela região.

Como o Expresso escreve, os apoios oficiais para os empreendedores portugueses que querem ir para Silicon Valley são escassos. Uma das poucas iniciativas existentes partiu da consultora Leadership, uma empresa privada, que através da iniciativa GSI Accelerators (que tem o apoio da AICEP) estabeleceu uma parceria com a incubadora Plug and Play Tech Center.

G3P, ANA, Migh.T e eMove são projetos que, durante três meses, puderam contatar com a cultura de Silicon Valley e mostrar os seus produtos a potenciais investidores. A Aptoide, uma empresa spin-off da Caixa Mágica, sobre a qual o TeK entrevistou Paulo Trezentos, durante o SAPO Codebits, está atualmente a meio da sua experiência.

Gatewit inaugura escritório em San José

Convidada a integrar a delegação presidencial que está nos EUA a promover o empreendedorismo português, a Gatewit aproveitou a ocasião para inaugurar um escritório em Silicon Valley, o primeiro nos Estados Unidos.

Depois de uma visita anterior a Silicon Valley tornou-se claro que a Gatewit deveria estar presente no berço da tecnologia mundial. "Na passagem anterior por Silicon Valley tivemos oportunidade de reunir com investidores que mostraram bastante interesse no nosso projeto e cujo feedback ao nosso trabalho tem sido muito positivo", refere o CEO.

A aposta tem por objetivo "o contacto com empresários portugueses nos EUA, a captação de novos clientes e até mesmo o estabelecimento de parcerias com players do sector", pode ler-se num comunicado enviado à imprensa.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Nota de redação: Corrigida uma gralha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.