É formalizada esta segunda-feira a criação do Portuspark, a rede nortenha de Parques de Ciência e Tecnologia e de Incubadoras, que nos próximos anos vai contribuir para a criação de 2.000 postos de trabalho.

Em declarações à Lusa, Emídio Gomes, administrador da Portuspark, explicou que a rede de parques nortenhos acolhe actualmente 200 empresas tecnológicas, número que deverá crescer substancialmente a curto prazo.

TecMaia, na Maia, o AvePark, em Guimarães, a Portuspark da UP Tec, no campus da Asprela, Universidade do Porto, a Sanjotec, o FeiraPark , entre outros, são algumas das estruturas que integram hoje a rede de parques.

A rede engloba ainda as incubadoras SpinPark, em Guimarães, e a Incubadora de Santo Tirso.

A criação de dois mil empregos qualificados será possível com a entrada em funcionamento dos parques da Feira, projectado para o início de 2011, de Vila Real e de Bragança, ambos em 2012, e com os desenvolvimentos projectados para o AvePark, TecMaia, UPTec e SanjoTec, afirmou Emídio Gomes.

A iniciativa será criada, oficialmente, esta segunda-feira, durante um seminário a realizar no AvePark, em Guimarães.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.