A consultora Cyveillance apurou que em Fevereiro a contagem média de endereços online que hospedam códigos maliciosos atingiu os 60 mil URLs e que as ameaças de roubo de identidade aumentaram 200 por cento entre Janeiro e Março deste ano.



A empresa compilou todos os dados recolhidos nos seus rastreios e concluiu que no dia em que se observou maior actividade criminosa online foram identificados 140 mil sites com downloads maliciosos, escreve em comunicado.



O relatório publicado mostra que o crescimento deste tipo de ameaças está relacionado com as estratégias de ataque utilizadas pelos cibercriminosos, que são cada vez mais bem definidas e difíceis de detectar.



De acordo com Manoj Srivastava, CTO da Cyveillance, o phishing continua a ser largamente utilizado "mas está a ser substituído pela integração do URL no email [...], a tendência agora é utilizar o browser como vector de ataque".



A empresa refere também que descobriu centenas de milhares de números de cartões de crédito e débito nas suas buscas por canais de IRC e nos registros de operadores de redes bot.



Nos primeiros dois meses do ano, a tecnologia de rastreio da empresa descobriu mais de 320 mil dados financeiros, mais de 1,4 milhões de número de segurança social e aproximadamente 1,3 milhões de credenciais a circularem online.

Notícias Relacionadas:

2007-02-05 - Spam, phishing e rootkits entre as principais ameaças de segurança para 2007

2007-01-19 -Troianos bancários perfazem 20% do total de ameaças nesta categoria em 2006

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.