A Siemens Portugal está a acompanhar o reajustamento que está a ser feito pela tecnológica alemã a nível mundial, mas a filial portuguesa está a tentar evitar os despedimentos através de uma redução das despesas.

A estratégia a nível nacional passa por ganhar eficiência nas operações e por reduzir os custos noutras áreas, escreve o Diário Económico. Segundo o mesmo jornal já houve colaboradores da Siemens Portugal que foram afetados, mas não se sabe quantos. Em contrapartida as novas contratações da empresa compensam as saídas até agora registadas segundo o plano definido.

Em Portugal a estratégia da empresa passa por reforçar a sua capacidade de engenharia, enquanto a nível mundial os cortes têm como objetivo aumentar a competitividade e sustentabilidade da empresa.

Num plano de dois anos conhecido como Siemens 2014, a multinacional vai eliminar no total 15 mil postos de trabalho até ao final do próximo ano. A partir de hoje, 1 de outubro, e até à data limite será eliminada uma força de trabalho de cerca de 7.500 trabalhadores, sendo que a outra metade já foi despedida.

No final do ano fiscal de 2012 a Siemens Portugal empregava 2.476 colaboradores.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.