Além do chamado consumidor final, que integra um mercado de massas internacional e multimilionário, as fabricantes móveis também dedicam boa parte dos seus recursos ao desenvolvimento de serviços e funcionalidades para o segmento empresarial. O lançamento do novo S9 foi um bom exemplo disso.

Com a apresentação da Enterprise Edition, em que são destacadas as funcionalidades do Dex, das multijanelas, da interpretação de imagens através de um sistema de realidade aumentada e das várias camadas de segurança integradas no equipamento, a marca sul-coreana pretende mostrar-se às empresas com uma boa solução móvel para os seus negócios. E de acordo com a IDC, a tática tem dado resultado.

Primeiras impressões: Samsung Galaxy S9 e S9+ apontam às estrelas na galáxia da mobilidade
Primeiras impressões: Samsung Galaxy S9 e S9+ apontam às estrelas na galáxia da mobilidade
Ver artigo

Segundo um inquérito realizado pela consultora a várias empresas europeias, a Samsung é a marca preferida deste segmento, entre os utilizadores de Android. Em 2017, os equipamentos da gigante tecnológica foram responsáveis por 59% das vendas de telemóveis deste ecossistema no mercado empresarial europeu.

Em 2018, contudo, os gastos das organizações com equipamentos móveis deverão crescer cerca de 3,2% relativamente a 2017, sendo que as previsões apontam para que a despesa empresarial mundial neste sector atinja os 1,6 biliões de dólares. Até 2021, é esperado que a tendência se mantenha em ascensão.

"A adoção das tecnologias por parte das empresas está a sustentar o crescimento do segmento móvel em todas as suas três facetas, desde os telemóveis em si, passando pelo software e terminando nos serviços", explicou Phil Hochmuth, diretor do programa Enterprise Mobility. "À medida que as capacidades dos equipamentos evoluem, com a ajuda da realidade aumentada, da inteligência artificial e com as redes 5G no horizonte, a toma de decisões no sector tecnológico vai ficar cada vez mais complexo e crítico para o sucesso das empresas", conclui o responsável.

China e Estados Unidos serão os maiores responsáveis pelos gastos neste sector, pelo que a IDC estima que ambos os países sejam perfaçam 20% do mercado total para estas soluções.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.