O número de assinantes dos serviços de televisão por cabo aumentou 17 por cento no segundo trimestre de 2002, face a idêntico período do ano passado, para os 1,203 milhões, segundo dados da Autoridade Nacional das Comunicações (Anacom).



Comparativamente ao trimestre anterior, o crescimento foi de 4 por cento, traduzido na angariação de 47 mil novos clientes enquanto face a período homólogo se registaram mais 178 mil novos assinantes.



Enquanto a região de Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a que mais contribui para o volume de clientes destes serviços, com 55 por cento do total, o Alentejo e Algarve mantêm as maiores taxas de crescimento.



No final de Junho de 2002, estavam cablados 64 por cento do total de alojamentos existentes em Portugal, o equivalente a 3,2 milhões de domicílios. A Anacom refere ainda que, tomando por base o universo total de alojamentos existentes no país, se constata que a percentagem daqueles que efectivamente recebe o serviço ascende aos 24 por cento.



Em Junho de 2002, o número de assinantes da tecnologia DHT (Direct To Home), ou televisão por satélite, atingiu os 256 mil, correspondente a um crescimento de 47 por cento do registado no período homólogo. As regiões do Norte e Lisboa e Vale do Tejo são as que têm mais assinantes de televisão por satélite, representando um terço do total.



Notícias Relacionadas:

2002-06-22 - Televisão por cabo perde adeptos no Reino Unido

2002-05-23 - Televisão por cabo cresceu 3% em número de assinantes face ao trimestre anterior

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.