Os dados mostram que Portugal continua atrás de países como os EUA, o Canadá ou a Nova Zelândia onde cerca de metade dos utilizadores de smartphones aumentou o consumo de vídeos no telemóvel ao longo do último ano, mas traduz um crescimento significativo.

A mesma pesquisa do IAB IAB (Interactive Advertising Bureau), realizada em 24 países, revela que 61% dos portugueses com smartphone consome vídeos no telemóvel enquanto vê programas de televisão.

Os telemóveis são usados não apenas para ver vídeos de curta duração, mas também para assistir a formatos mais longos. 36% dos inquiridos a nível global afirma usar o telemóvel, pelo menos uma vez por dia, para consumir vídeos com duração superior a cinco minutos.

Os dados também mostram que os portugueses - que se destacam no conjunto de países analisados, pela disponibilidade para aceitar publicidade em troca de conteúdos gratuitos - preferem publicidade alinhada com o tipo de conteúdos que veem.

O estudo Mobile Video Usage: A Global Perspective apurou ainda que um pouco por todo o mundo, as estratégias usadas para encontrar conteúdos de vídeo se repetem. O YouTube é a escolha mais comum para 62% dos inquiridos, as plataformas de social media surgem em segundo lugar (33%) e os resultados de pesquisa (20%) e a publicidade (14%) logo em seguida. Portugal volta a destacar-se nos resultados, no que se refere ao uso da publicidade para encontrar novos vídeos (19%).

Os vídeos mais apreciados pelos portugueses são os virais/divertidos. Os trailes surgem logo a seguir, ambos apontados por cerca de metade dos inquiridos. A música só cativa um quarto de quem procura vídeos online. Os portugueses estão entre os que mais partilham os vídeos que consomem: é uma prática apontada por 75% dos inquiridos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.