O braço-de-ferro entre a Anacom e a Apritel (associação das operadoras de telecomunicações) continua mensalmente, a primeira afirmando que os preços das telecomunicações continuam a subir; a segunda defendendo que Portugal está na frente da redução de preços, tanto nos preços de internet fixa, como nos pacotes 4P, os mais utilizados pelos portugueses.

No mais recente relatório da Anacom, é referido que os preços das telecomunicações em Portugal acumulam subida de 1,9% desde janeiro. E segundo o sub-índice do Índice de Preços do Consumidor (IPC), um julho os preços aumentaram 0,3% face ao mês anterior “devido a alterações de algumas ofertas em pacote”, diz o regulador. Já face ao mês homólogo, esse aumento é de 1,3%. A Anacom diz ainda que desde janeiro, os preços das telecomunicações estão 0,5% acima do IPC, devendo-se ao crescimento das mensalidades das ofertas em pacote.

tek anacom julho 2021

Na leitura da Anacom para julho, a taxa de variação média dos preços das telecomunicações em Portugal foi inferior à verificada na União Europeia em 0,5%, “correspondendo à 15ª taxa de variação média mais elevada dos últimos doze meses entre os países da União Europeia”. Por outro lado, o país onde ocorreu o maior aumento de preços foi a Polónia com 5,8% e a maior diminuição ocorreu na Dinamarca com menos 3,6%. Em média, os preços das telecomunicações na União Europeia diminuíram 0,1%.

Tal como em anteriores leituras, a Anacom diz que entre abril de 2011 e maio de 2019, os preços das telecomunicações cresceram mais em Portugal do que na União Europeia “em termos da taxa de variação média dos últimos doze meses”. Assim, diz que entre o final de 2009 e julho de 2021, os preços das telecomunicações em Portugal aumentaram 8,4%, enquanto na União Europeia diminuíram 9,7%.

A Anacom destaca que as novas regras europeias que regulam os preços das comunicações entre os países membros, contribuiu para que a variação dos preços das telecomunicações em Portugal fosse inferior à média da União Europeia. “Para isso contribuiu também a redução da mensalidade de algumas ofertas de banda larga móvel pós-pagas através de PC/Tablet e de algumas ofertas em pacote. Tal não permitiu, no entanto, eliminar a divergência existente”.

Anacom julho 2021

Numa análise mais comparativa, entre o final de 2009 e julho de 2021, os preços das telecomunicações em Portugal aumentaram 8,4%, enquanto que na França desceu 22,1%, em Itália 17,1% e na Espanha 8,7%. No seu relatório, a Anacom diz que em julho as mensalidades mais baratas são oferecidas pela NOWO em sete dos 13 serviços/ofertas disponíveis. Já a MEO tem mensalidades mais baixas para quatro ofertas, a Vodafone para duas e a NOS para apenas uma.

Nota de redação: notícia atualizada com mais informação. Última atualização 11h56.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.