A decisão já tinha sido tomada em junho, mas só hoje vão ter início as emissões do Canal Parlamento, em sinal aberto, depois de um período de testes que decorreu desde 27 de dezembro. O canal ocupa a posição 5 na grelha da TDT em Portugal Continental, sendo que nas regiões dos Açores e da Madeira ocupa a posição 7.

A ideia de usar o espaço livre na Televisão Digital Terrestre para transmitir o Canal Parlamento em sinal aberto já tinha recebido luz verde dos deputados em junho de 2012, depois de quase dez anos em que a emissão tinha estado limitada aos canais de cabo.

A AR TV tem também transmissão na Internet, desde 2003, que se soma aos canais de cabo Zon, Meo, Vodafone e AR/Telecom, dando visibilidade aos trabalhos realizados na Assembleia da República com a transmissão dos principais debates em plenário e também os trabalhos de algumas das comissões.

A estreia hoje em sinal aberto vai ser assinalada com a emissão do plenário em direto, com o debate sobre o pagamento de metade dos subsídios de férias e de Natal em duodécimos , seguindo-se a transmissão do debate quinzenal de dia 21 de dezembro.

O canal transmitirá uma média de 10 horas diárias com exceção dos fins-de-semana, do mês de agosto e dos tempos de paragem da atividade parlamentar.

Segundo a Agência Lusa, o início das transmissões estava dependente do visto do Tribunal de Contas, que chegou à administração da Assembleia da República já no final do ano.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.