“De forma pouco transparente e desadequada”, apontou a Deco, “as três operadoras informaram, quer no respetivo website, quer por e-mail, SMS ou fatura, os seus clientes do aumento, mas, nenhuma delas comunicou, de facto, qual o valor desse aumento e o preço futuro a pagar por cada cliente”, refere a nota enviada aos associados.

Para a associação de defesa dos consumidores, esta forma de comunicação “continua a não ser adequada aos interesses dos consumidores” e, por isso, exigiu à Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) que “defina, finalmente, procedimentos para as comunicações de alteração de preço, independentemente de as mesmas estarem ou não previstas no contrato”.

MEO, NOS e Vodafone sobem preços das telecomunicações a partir do próximo ano
MEO, NOS e Vodafone sobem preços das telecomunicações a partir do próximo ano
Ver artigo

As operadoras de telecomunicações informaram durante os meses de novembro e dezembro que iam aumentar os preços a partir do dia 1 de fevereiro, num valor indefinido a fixar este mês, de acordo com a taxa de inflação.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.