A France Telecom anunciou que a sua divisão móvel, a Orange, já vendeu mais de 70 mil iPhones desde que o telemóvel saiu para o mercado, no final de Novembro. O número de equipamentos corresponde às expectativas da empresa que estimava um volume de vendas situado entre os 50 e os 100 mil telemóveis.



A Orange detém os direitos exclusivos de venda do iPhone no país, onde comercializa o equipamento por 399 euros ou por 749 euros, consoante o telemóvel esteja ligado a contrato ou desbloqueado. De acordo com a AFP, 48 por cento das vendas da Orange referem-se a novos subscritores, enquanto que pouco menos de 3,5 mil equipamentos foram comprados sem contrato.



Há que ter ainda em conta que do total de iPhones vendidos, 30 mil foram despachados na primeira semana do equipamento no mercado, o que reflecte um abrandamento na procura nos dias que se seguiram.



Mesmo assim, a France Telecom acredita que o iPhone vai continuar a ser procurado e estabelece uma nova meta para 2008: a venda de 400 a 500 mil equipamentos ao longo deste ano.



Por outro lado, no Reino Unido, as cadeias de lojas Carphone Warehouse começaram por registar um volume de vendas acentuado nos primeiros dias do iPhone no mercado britânico.



Contudo, com o passar do tempo, a procura foi diminuindo, chegando a existir semanas em que era comercializado apenas um equipamento. Nas últimas semanas essa tendência foi alterada embora os números ainda não sejam satisfatórios. Em causa está o preço do equipamento, o principal obstáculo para os consumidores.



Notícias Relacionadas:

2007-12-05 - Orange vende 30 mil iPhones nos primeiros cinco dias do telemóvel no mercado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.