O rollout das redes 5G está previsto para 2020, uma data que a Huawei também define para si. A preparar o lançamento. a empresa planeia investir num conjunto de tecnologias, que permitirão atualizar a tecnologia de suporte às comunicações móveis.



O trabalho da fabricante chinesa neste domínio não é novo e a Huawei garante mesmo que já fez um conjunto de avanços significativos na investigação em torno do 5G.



A Huawei sublinha que as redes 5G vão permitir a transmissão de dados a um débito até 10Gps, 100 vezes mais que o oferecido atualmente pelas redes móveis de quarta geração.



Numa nota no site a Huawei explica que há um conjunto de desafios para resolver até tornar as redes de quinta geração uma realidade. Um dos maiores desafios estará em encontrar a arquitetura de rede mais adequada para endereçar os cada vez maiores volumes de dados veiculados através das redes móveis, a velocidades de transmissão também elas cada vez maiores, para um número de clientes que continua a crescer.



As tecnologias móveis têm avançado para novas gerações em períodos de cerca de 10 anos. Quando é lançada uma nova versão é normal que os fabricantes avancem desde logo com a preparação da sua sucessora.



Tal como a Huawei, outros fabricantes e centros de investigação na área das telecomunicações estão já a trabalhar no 5G, numa altura em que as redes de quarta geração ainda estão longe de ter uma presença massiva a nível global. A Europa está também a direcionar alguns milhões para investigação nesta área.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.