A T-Mobile diz que o iPhone é o dispositivo multimédia que mais tem vendido desde que foi lançado na Alemanha, a 9 de Novembro.



De acordo com a divisão móvel da Deutsche Telekom, desde que começou a vender o equipamento da Apple, já comercializou 70 mil unidades do telemóvel, o que com que seja "de longe o equipamento mais procurado do catálogo da T-Mobile".



A France Telecom, que é o vendedor oficial do iPhone em França, anunciou o mesmo resultado no início deste mês. Nessa altura, a operadora anunciava que já tinha ultrapassado a marca dos 70 mil equipamentos vendidos desde que começou a distribuir o telemóvel, a 28 de Novembro do ano passado.



Desde que saiu para o mercado, em Junho de 2007, já foram vendidos 4 milhões de iPhones em todo o mundo, revelou Steve Jobs na abertura da Macworld deste ano.



Mas nem tudo foi fácil para a empresa no que se refere à comercialização do equipamento fora dos Estados Unidos. Quando o iPhone começou a ser distribuído na Alemanha, a Vodafone denunciou a T-Mobile alegando que o contrato de exclusividade que a empresa tinha assinado com a Apple era prejudicial para o mercado, acusando o acordo de monopolista.



Contudo, e apesar de a T-Mobile ter ficado impedida de comercializar o equipamento temporariamente, decidiu avançar com uma versão desbloqueada do iPhone, cujo preço se fixava nos 999 euros.



Os tribunais acabaram por desvalorizar a queixa interposta pela Vodafone e a Deutsche Telekom acabou por retirar o equipamento desbloqueado das lojas e por devolver a diferença do valor aos clientes.



Em França, dada a legislação em vigor, a France Telecom foi obrigada a disponibilizar duas versões do iPhone, uma desbloqueada, por 749 euros, e outra sujeita a contrato, por 399 euros.



Notícias Relacionadas:

2008-01-04 - France Telecom já vendeu mais de 70 mil iPhones

2007-12-05 - Deutsche Telekom mantém exclusividade na venda do iPhone

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.