O Ministério da Administração Interna foi hoje autorizado pelo Conselho de Ministros a realizar um contrato quadro para o fornecimento dos serviços de acesso e conectividade para todos os sites do ministério e ainda de soluções de monitorização, suporte e manutenção de backup para a Rede Nacional de Segurança Interna (RNSI). A despesa anual prevista é de 8,233 milhões de euros por ano, a que se somam 224 mil euros para a instalação inicial de cada site.

A implementação de toda a rede deve estar concluída no segundo semestre de 2008 e corresponde a uma duplicação do actual número de instalações do Ministério da Administração Interna, integrando uma componente fixa, uma componente de acesso e conectividade, variável em função do número e tipo de sites ligados à RNSI, e uma componente relativa ao serviço de back up, indica o comunicado do Conselho de Ministros.

Com este projecto pretende-se garantir uma rede de comunicações segura, integrada, totalmente capaz de suportar dados, voz e imagem para uso das forças e serviços de segurança, das estruturas de protecção civil e demais organismos e serviços do Ministério da Administração Interna, acrescenta a mesma fonte.

A Rede Nacional de Segurança Interna vai ligar todos os serviços do ministério, permitindo a partilha de informação protegida numa rede privada virtual. A largura de banda é aumentada em 7 vezes em relação à disponibilidade actual, mas o MAI quer reduzir em 30 por cento o custo médio por site “eliminando as redundâncias de circuitos de comunicações e permitindo comunicações sem custos entre os telefones fixos de todos os serviços e a redução de custos nos telefones móveis em comunicações internas e dos tarifários de comunicações de dados, móveis e fixas em resultado da sua negociação no âmbito do contrato quadro”.

A somar-se às comunicações conta-se ainda a partilha de sistemas de informação, minimizando os riscos de falha dos sistemas de informação ou da rede, o que é indispensável para assegurar as tarefas do Estado na protecção de pessoas e bens e na manutenção da segurança e ordem pública.

Recorde-se que a Rede Nacional de Segurança Interna foi criada por Despacho do Ministro de Estado e da Administração Interna a 24 de Fevereiro de 2006 mas começará a ser operacionalizada com esta decisão.

Notícias Relacionadas:
2007-01-26 - Simplex 2007 concentra esforços nas medidas de simplificação dos serviços ao cidadão

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.