A linha de smartphones N-series da Nokia vai abandonar aquela que tem sido a escolha da marca no que respeita a sistemas operativos, trocando o habitual Symbian pelo recentemente apresentado MeeGo.

A aposta foi anunciada por um porta-voz da fabricante, que adiantou ainda que o próximo dispositivo desta linha a ser lançado comercialmente, o N8, será o último a correr o Symbian, avança a Reuters.

"A partir de agora os N-series serão baseados em MeeGo", afirmou Doug Dawson, citado pela agência. A empresa opta pela mudança numa tentativa de fazer frente à concorrência de marcas como a Apple, que têm roubado o protagonismo à Nokia no que respeita às gamas altas de smartphones.

O Symbian será reservado aos dispositivos mais baratos da fabricante finlandesa, explicou o responsável. Uma decisão que deverá permitir levar os smartphones a um público mais alargado e garantir alguns dos benefícios de "escala" da massificação de soluções e serviços.

Depois de ter aberto o Symbian à comunidade de programadores, a Nokia embarcou num projecto com a Intel que juntou trabalho prévio das duas empresas na área das plataformas móveis, para fazer nascer uma nova plataforma de software, também de código aberto, o MeeGo, que foi apresentado em Fevereiro. O novo SO móvel resulta de uma fusão entre o software Maemo, promovido pela Nokia, e o Moblin, da Intel, ambos baseados em Linux.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.