Uma das apostas é a inovação, considerada como "fator diferenciador e competitivo" que o novo presidente executivo pretende potenciar, refere a Lusa, citando trabalhadores da empresa. Outra das prioridades é o "foco financeiro", centrado na entrega de valor aos acionistas.

Armando Almeida sublinhou também que as pequenas e médias empresas (PME) são importantes para a estratégia da PT Portugal, já que "o tecido empresarial português é pedra basilar para o desenvolvimento económico".

A aposta nos clientes, incluindo a qualidade de serviço, uma cultura de empresa onde "mais importante do que o número de horas de trabalho” interessam os resultados obtidos e a integração numa corporação, já que a PT está em processo de fusão com a brasileira Oi, são as outras prioridades destacadas pelo novo presidente executivo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.