As 390 sondas que constituem esta rede estão distribuídas a nível nacional e asseguram uma monitorização da qualidade do sinal 24 horas por dia, todos os dias da semana, detalha a Anacom.



A solução tecnológica de suporte à rede funciona de forma autónoma e por controlo remoto, garantindo dados em permanência e uma maior cobertura da área medida, que agora se estende a todo o território e de forma simultânea. O controlo sobre a qualidade técnica do sinal é maior e a deteção de problemas antecipada.



As questões em torno da qualidade do sinal da Televisão Digital Terrestre têm sido recorrentes, desde que a tecnologia substituiu a televisão analógica em 2012. A Anacom tem revelado os resultados de vários estudos, que desvalorizam os problemas técnicos e sublinham o impacto de outras questões - como a má instalação de equipamentos - no número de queixas apresentadas sobre o serviço.



Ao mesmo tempo, o regulador tem no entanto levado a cabo várias medidas no sentido de melhorar a qualidade do serviço. A implementação de uma rede de 390 sondas é a mais abrangente e a que permite substituir um sistema de monitorização nómada, por um sistema fixo e de ampla cobertura territorial. A medida tinha sido anunciada no ano passado.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.