O tráfego de mensagens móveis de todos os tipos vai crescer 92 por cento até 2010 na Europa, de acordo com as previsões da Forrester, impulsionado pelo SMS. Contudo, as receitas resultantes do envio de mensagens SMS, MMS, de vídeo, de serviços de informação de presença em instant messaging (IMPS) e correio móvel não deverão aumentar mais de 10 por cento - dos 19 mil milhões estimados para este ano, para os 21 mil milhões de euros -, à medida que os preços baixam.



Durante este ano, cada utilizador irá enviar em média 40 mensagens móveis por mês. Este número quase duplicará no espaço de cinco anos, para as 72 por mês. Nessa altura, os europeus trocarão no total mais de 23 mil milhões de mensagens todos os meses", diz a Forrester.



A consultora indica que, surpreendentemente, não será o SMS a impulsionar o crescimento das receitas, uma vez que o custo de envio baixou 65 por cento entre 2001 e 2005, e irá continuar a baixar até 2010. Já pelo contrário, as receitas europeias do MMS registarão uma subida acentuada nos próximos cinco anos, situando-se nos cinco mil milhões de euros ao ano em 2010.



O arranque do video messaging será lento devido aos seus altos custos, mas mesmo que cada pessoa envie apenas duas mensagens por mês, poderão gerar quase um milhar de milhão de euros. As receitas do IMPS serão as de crescimento mais rápido, somando oito por cento do total de receitas de mensagens móveis daqui a cinco anos - mais do que o email móvel ou o video messaging.



Portugal é identificado no estudo da Forrester como pertencente ao grupo de países europeus que irá registar um menor aumento no número de mensagens SMS enviadas por utilizador, a par da França e da Holanda, entre outros. Já a Dinamarca e a Suiça surgem como líderes nos valores de crescimento.



Notícias Relacionadas:

2005-01-08 - Mercado de comunicações móveis cresce em número de clientes no terceiro trimestre de 2004

2005-01-04 - Portugueses voltam a escolher SMS e MMS para celebrar o novo ano

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.