A Zon deu hoje nota da conclusão da instalação de um novo backbone de fibra óptica em anéis redundantes nas zonas metropolitanas de Lisboa e Porto. Na informação, a empresa reafirma que já conta com um backbone nacional de 14 mil quilómetros de fibra e acrescenta que até final do ano conta implementar mais 2 mil quilómetros de rede.

"Ao investir numa infra-estrutura própria a ZON deixa de estar dependente de terceiros e passa a beneficiar de poupanças significativas", sublinha a empresa.

O projecto faz parte de um plano de desenvolvimento de rede primária de fibra da Zon. "Toda esta rede conta com capacidades até 800 Gbps", acrescenta a empresa, que sublinha a importância da conclusão dos dois novos anéis para assegurar a interligação de localizações estratégicas.

Recorde-se que ainda recentemente a Zon anunciou que já a partir de Setembro sobe o tecto das suas ofertas residenciais suportadas em fibra para o gigabit, em zonas seleccionadas.

A oferta em questão - pacote comercial de comunicações de dados, televisão e telefonia fixa sobre uma rede híbrida de fibra e cabo - esteve aliás no centro de uma queixa da Portugal Telecom contra a dona da TV Cabo, junto do ICAP. O incumbente acusava a Zon de se colar à mensagem passada pelo Meo Fibra para publicitar uma rede de fibra, que não é apenas de fibra.

O ICAP - Instituto Civil da Autodisciplina da Comunicação Social já analisou o caso e pediu à Zon que cessasse a campanha publicitária onde anuncia a oferta, sublinhando que já tem mais de um milhão de casas passadas com a tecnologia, afirmação que motivou a polémica.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.