Tudo parecia bem encaminhado para a conclusão do negócio da aquisição da Fitbit pela Google, num valor previsto de 2,1 mil milhões de dólares. A gigante tecnológica havia apresentado no mês passado novas propostas e promessas a cumprir, indo de encontro às exigências de Bruxelas, e esperava-se a todo o instante que fosse dada luz verde para a sua conclusão.

Mas segunda avança a Reuters, a Comissão Europeia terá adiado a decisão para o dia 8 de janeiro, para continuar a sua investigação ao negócio. Fontes ligadas ao processo terão referido que apesar da autorização estar praticamente fechada, as medidas terão deixado dúvidas a clientes e empresas. A situação surge depois da Comissão Europeia ter realizado um encontro com as empresas rivais à Google, tal como estava previsto, antes de uma decisão final marcada inicialmente para o dia 23 de dezembro.

Das rivais ouvidas, um grupo de 19 entidades europeias, na área do consumo e privacidade, ainda não estão convencidas sobre o negócio. As críticas surgem também dos Estados Unidos e Brasil, exigindo à Google ainda mais concessões no negócio.

Entre as promessas apresentadas anteriormente, a Google compromete-se a não personalizar a publicidade tendo como base esses mesmos dados pelos próximos 10 anos. Anteriormente a empresa comprometia-se com apenas 5 anos.

Compra da Fitbit: Google promete não utilizar dados dos utilizadores para ganhar vantagem anti-competitiva nos próximos 10 anos
Compra da Fitbit: Google promete não utilizar dados dos utilizadores para ganhar vantagem anti-competitiva nos próximos 10 anos
Ver artigo

Outro ponto esclarecido é que a Google vai permitir que outros equipamentos possam aceder aos dados relacionados com a saúde da Fitbit, caso o utilizador o consinta. Além disso, todos os equipamentos da empresa de fitness mantenham compatibilidade com serviços da concorrência, tais como o Strava e o Map My Run, por exemplo.

A Google foi mais longe e prometeu também deixar que os wearables das empresas rivais possam utilizar a API de Android para que se torne mais fácil a sua integração na plataforma.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.