O mais recente relatório da Hays sobre o mercado de trabalho em Portugal destaca a dinâmica cada vez maior do sector das Tecnologias da Informação e Comunicação com um aumento constante da pressão salarial em diversos perfis e um número de necessidades de recrutamento bastante elevado. Este ano será “de continuidade”, prevê a consultora, “tanto no volume de contratações, como nas tendências e preferências de recrutamento”.

A escassez destes perfis, aliado à constante procura por parte dos empregadores e à entrada de empresas internacionais com uma oferta salarial acima da média continuarão a acentuar pressão salarial no sector, indica a empresa.

Oferta salarial (86%), bom ambiente de trabalho (78%), plano de carreira (62%), qualidade de projetos (57%) e cultura empresarial (57%) são as principais mais-valias consideradas. Já o seguro de saúde (80%), formação/certificações (72%), flexibilidade de horários (70%), flexibilidade de trabalhar a partir de casa (59%) e automóvel (47%) estão entre os benefícios mais desejados para aceitar uma oferta de trabalho.

De acordo com o Guia do Mercado Laboral 2019, A função de Auditor IT foi um dos perfis mais procurados por causa da inovação de muitos departamentos que levou à necessidade de auditar os sistemas, e assim criou-se a necessidade de investir nos recursos internos, criando novas áreas internas como esta.

Emprego: Procura é tanta que já são os profissionais de TI que “escolhem” salários
Emprego: Procura é tanta que já são os profissionais de TI que “escolhem” salários
Ver artigo

Os Automation Testers também foram bastante solicitados para otimizar o tempo e a proximidade entre as equipas de desenvolvimento. Por consequência, o aumento do volume de projetos existentes tornou-se cada vez mais necessário contratar Project Managers para serem o ponto de contacto entre o cliente e assumirem o risco. Devido ao grande investimento tecnológico perfis como Business Analyst, Consultor Funcional SAP HCM e Consukltor Funcional MM e SD.

Quanto aos perfis mais difíceis de identificar são os Comerciais ERP, Front-end Developers, Developer.NET e Middleware Aplicacional Oracle.

Os ataques cibernéticos, que penalizaram bancos, grandes empresas e instituições, levando a perdas de milhões de euros e a coimas altíssimas, e o novo Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados, ou RGPD, influenciaram o sector, com um aumento da procura de profissionais na área de bases de dados e cybersecurity.

À semelhança dos últimos anos, a consultora prevê que se mantenha a procura por profissionais como Project Managers, Comerciais ERP, Business Analysts, Outsystems Developers, Front-end Developers, Full-stack Developers Java/.NET, Mobile Developers, Machine Learning Engineers, Python Developer/Data Scientist e os perfis relacionados com BI.

Os profissionais TIC são “sem dúvida” dos perfis mais procurados para 2019”, sublinha Victor Pessanha, manager de Engineering, Logistics & IT da Hays Portugal, citado num comunicado enviado às redações “e acreditamos que irá continuar a ser durante alguns anos. É uma área em completo dinamismo e cada vez com maior investimento por parte das empresas”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.