O Instagram faz hoje 10 anos, e no seu blog dedicou a mensagem de aniversário ao destaque de alguns feitos na rede social, tal como a primeira selfie captada no espaço publicado na plataforma pelo astronauta Steven R. Swanson; ou o recorde mundial estabelecido por um simples ovo. Entre outros momentos que ajudaram a moldar a rede social para aquilo que é hoje: uma ferramenta de partilhar cultural a nível mundial, refere a mesma.

Mas como o Instagram não é só memes, o Facebook promete nos próximos meses disponibilizar na rede social guias para o Reels e para compras, assim como melhorias para o sistema de mensagens. “Queremos desenvolver maneiras rápidas para os criadores de conteúdo trabalharem e as pequenas empresas venderem seus produtos”, salienta no blog, referindo que a comunidade continuará a ser o coração do Instagram.

Por isso, uma das suas preocupações é manter os seus utilizadores seguros, e nesse sentido, criar novos recursos para combater o bullying, assim como promover a equidade, justiça e ajudar as pessoas a sentirem-se apoiadas, destaca a rede social.

O Instagram revelou duas novas ferramentas para reduzir as interações negativas nos comentários, tais como assédio e o bullying. Um deles oculta automaticamente os comentários a outros semelhantes que já tenham sido denunciados. “Com base em pesquisas, sabemos que as pessoas não querem ser expostas a comentários negativos. Porém, elas também exigem maior transparência sobre os tipos de comentários que foram ocultados”, explica a rede social. Assim, as mensagens ocultadas são assinaladas, bastando clicar em “ver comentários ocultos”. Já os comentários que violem as regras da comunidade serão removidos automaticamente.

Por outro lado, o Instagram reforça o conceito de alertas aos próprios infratores, quando os utilizadores tentam publicar repeticamente comentários de cariz ofensivo. A plataforma refere que tem vindo a apostar no feedback em tempo real aos utilizadores, enquanto escrevem as mensagens ofensivas, para as recordar as consequências de praticar bullying. Esses alertas ajudam as pessoas a refletir sobre os seus atos caso optem por publicar o comentário.

O Instagram notou uma redução significativa das interações negativas em comentários e mensagens desde que lançou esse recurso, há cerca de um ano. Depois de oferecer formas mais fáceis para as pessoas gerirem quem pode marcá-las ou mencioná-las, essas ações vão ser expandidas às mensagens via Instagram Direct.

Depois de ter retirado a funcionalidade em 2016, o Instagram reintroduz o mapa de fotos, mas invés de ser público, este passa a ser uma ferramenta privada, localizado no arquivo de Stories, para os seus utilizadores registarem os locais que visitam.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.