O início de setembro é habitualmente data de lançamento de novos smartphones da Apple. E é já amanhã, dia 15 de setembro, que a Apple vai revelar ao mundo novidades sobre os produtos que tem estado a desenvolver. Há uma grande expetativa em relação ao iPhone 12, no entanto, rumores online indicam que existe uma grande possibilidade de empresa da maçã só vai apresentar a nova família de smartphones em outubro e que vai aproveitar o evento para se concentrar na mais recente linha de Apple Watches e no iPad Air.

De acordo com Mark Gurman, conhecido “informador” de produtos da Apple e jornalista da Bloomberg, a pandemia de COVID-19 teve um forte impacto na agenda tecnológica da gigante de Cupertino. Assim, além de um evento especial dedicado ao iPhone 12 no próximo mês, é provável que em novembro, a Apple apresente uma nova linha de computadores Mac com arquitetura ARM.

Recorde-se que a Apple já tinha confirmado que neste ano, devido a atrasos de produção causados pela crise de saúde pública, os novos iPhone 12 chegariam um pouco mais tarde, deixando no ar a promessa de que outubro seria o mês escolhido.

Rumores não faltam sobre as novas versões do iPhone e ao todo estima-se que a Apple terá “na calha” quatro novos smartphones, todos eles com suporte a 5G.  Estão previstos dois modelos básicos, um com 5,4 polegadas e outro com 6,1 polegadas, assim como dois Pro, um iPhone 12 Pro de 6,1 polegadas e o iPhone 12 Pro Max de 6,7 polegadas, visto como o maior smartphone da marca até agora.

Apesar de manter o trio de câmaras semelhante aos equipamentos da geração anterior, há uma possibilidade de o modelo Pro Max integrar uma quarta câmara LIDAR, concebida para explorar as aplicações de realidade aumentada.

Apple Watches, iPad Air e mais novidades

Outro dos pormenores que leva muitos a crer que o foco da apresentação será a nova linha de relógios inteligentes é o mote deixado pela Apple: “Time Flies” (ou “O tempo voa” em português). A empresa poderá então estar a preparar-se para apresentar o sucessor do Apple Watch Series 5, assim como a substituição do Series 3 na gama de modelos de entrada e baixo custo.

Mais uma das pistas que dá a entender que um novo relógio inteligente está a caminho foi encontrada nos metadados do stream do evento no YouTube, como demonstra o developer Guilherme Rambo no seu Twitter.

No que toca ao novo Apple Watch Series 6, rumores avançados pelo website 9to5Mac indicam que o relógio contará com funcionalidades de registo dos níveis de saúde ainda mais avançadas. Espera-se, por exemplo, a inclusão de um sensor SpO2, semelhante ao que existe no novo Galaxy Watch3, que é capaz de medir os níveis de oxigénio no sangue. Há também rumores que afirmam que terá um leitor de impressões digitais no seu display ou ainda um sensor de temperatura.

Já a quarta geração do iPad Air poderá ter um ecrã total de 11 polegadas, em linha com o mais recente iPad Pro. Ainda no final de agosto, surgiu no Twitter aquele que poderá ser um manual de utilizador do novo equipamento e que revela que terá suporte à tecnologia de autenticação Face ID da Apple em vez do Touch ID. No seu interior, o novo iPad Air 4 poderá contar com o mesmo processador A14 do iPhone 12.

Mas não é tudo: a Apple pode apresentar também as AirTags. As etiquetas inteligentes, podem ser colocadas a produtos físicos, como por exemplo uma carteira, para que sejam fáceis de localizar caso sejam perdidos.

Além de novos headphones fora da gama Beats, uma pequena coluna HomePod e uma nova Apple TV um processador mais rápido para melhor experiência de jogos, espera-se que a Apple faça a apresentação oficial dos novos sistemas operativos dos seus equipamentos, depois de terem sido revelados pela primeira vez no WWDC 2020 em finais de junho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.