A garrafa de 710ml tem diversas funcionalidades que ajudam o utilizador a ingerir diariamente a quantidade necessária de água. Ela funciona através de uma sincronização por Bluetooth entre a garrafa de água e a aplicação para smartphone. A app perguntará, dentro de outras informações, a idade, o género, o peso, altura e o quão ativo o utilizador é. A app vai estar disponível para iOS e Android.

Toda a informação recolhida permitirá à aplicação calcular a quantidade de água que o utilizador precisa de beber para se manter hidratado. Para além disso, a garrafa recorre a um sensor que se encontra no seu interior para saber a quantidade de água consumida.

Uma das vantagens das novas tecnologias é a sincronização de uma funcionalidade com vários dispositivos. E a HidrateMe segue a mesma linha. O dispositivo sincroniza-se com diversos werables e aplicações para que, por exemplo, se for dar uma volta de bicicleta ela se ajuste e recalcule a quantidade de água que é necessário beber.

Mas não fica por aqui. A garrafa verifica ainda a localização do utilizador e ajusta os níveis de água de acordo com a temperatura, humidade e outros. E se o utilizador não tiver disciplina para beber o líquido regularmente, a HidrateMe vai fazer questão de o lembrar de o fazer acionando uma ação que a permite iluminar-se.

A ideia por trás da HidrateMe surgiu depois a cofundadora Nayda Nguyen se aperceber que não estava a beber água suficiente e queria desenvolver uma solução que corrigisse essa falha. Ela formou equipa com outros quatro especialistas da Universidade de Minnesota, Estados Unidos, e em 54 horas criaram o primeiro protótipo.

E já é um autêntico sucesso, mesmo sem ainda ter sido lançada no mercado. O projeto procurou por financiamento na plataforma Kickstarter com o valor base de 35 mil dólares. Esse valor foi ultrapassado logo no dia seguinte. A campanha termina a 14 de julho e já possui mais de 214 mil dólares, até ao momento de publicação desta notícia.

A equipa prevê o lançamento das garrafas para o final do ano ou, o mais tardar, no início de 2016. Quem contribuir com valores mais consideráveis vai ter a oportunidade de jantar com os criadores do projeto em julho do próximo ano (5 mil dólares) ou pescar com eles em alto mar, na Flórida, EUA (7 mil dólares).

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.