A Agência Espacial Portuguesa e o Instituto Pedro Nunes (IPN) lançaram um concurso para reforçar a rede de incubadoras de empresas em Portugal com vista a ter presença em todo o território nacional. Atualmente existem atualmente 3 centros nacionais da rede da ESA e a Portugal Space propõe-se a aumentar o número: “O que queremos fazer é alargar a iniciativa a todo o país, ter 10 localizações, chegar à Madeira e Açores e ao interior”, afirmou Chiara Manfletti, Presidente da Agência à Lusa.

A Portugal Space afirma em comunicado, “o Espaço é cada vez mais encarado como uma commodity”. O setor abriu-se à economia e à sociedade de modo a disponibilizar soluções, permitindo que que os desafios sociais e globais sejam encarados de forma multidisciplinar. A Agência explica que as incubadoras são o “espaço privilegiado para o encontro entre os sectores do Espaço e não-Espaço”, tendo em vista a criação de novos negócios e a abertura de novos mercados.

A Agência Espacial elucida que o projeto se enquadra na implementação da estratégia Portugal Espaço 2030. Um dos principais objetivos é criar 1.000 novos postos de trabalho no espaço dos próximos 10 anos.

O concurso está aberto a incubadoras registadas em Portugal que tenham instalações que permitam receber as startups que beneficiem do programa da ESA. A Portugal Space indica que as candidatas devem dispor de uma equipa que dê o suporte necessário ao desenvolvimento de projetos.

As candidaturas ao novo programa da Portugal Space serão apreciadas tendo em conta elementos como a experiência, a ligação a atividades espaciais e ainda colaborações com o Sistema Nacional de Inovação. O número de startups apoiadas pelas incubadoras, o volume de negócios e os postos de trabalho criados no último ano são também aspetos em análise.

O prazo de candidaturas decorre até 09 de maio, e as incubadoras interessadas em participar deverão fazer a inscrição de acordo com os moldes estabelecidos pela Portugal Space e pela ESA. Caso sejam aceites, assinarão um contrato de um ano com o IPN para trabalhar num consórcio liderado pela organização de Coimbra.

Instituto Pedro Nunes lança projeto de financiamento para ideias de negócios inspiradas no Espaço
Instituto Pedro Nunes lança projeto de financiamento para ideias de negócios inspiradas no Espaço
Ver artigo

Recorde-se que o IPN lançou em fevereiro deste ano um projeto de financiamento de 600 mil euros para ideias de negócios inspiradas no Espaço. O quadro de apoio do IPN tem como objetivo duplicar as oportunidades para startups que incubem no ESA BIC Portugal, apoiando até 12 empresas nacionais por ano.

O projeto tem também em vista a maximização dos casos de sucesso de transferência de tecnologia com novas candidaturas para financiar provas de conceito em Portugal. Em destaque está também o aumento das possibilidades de financiamento de projetos que recorrem a dados de satélite através da plataforma ESA Business Applications.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.