A “pintura” no céu trazida pelo pôr-do-sol é considerada por muitos como uma das paisagens naturais mais fascinantes. Mas como seria observar o fenómeno noutras partes do Sistema Solar ou em outras constelações? Um cientista da NASA decidiu pôr “mãos à obra” e criou simulações que dão a conhecer os tons que pintam o céu de diferentes planetas pela altura em que o Sol se põe.

De acordo com a agência espacial, as simulações foram criadas quando Geronimo Villanueva, cientista planetário no Goddard Space Flight Center, estava a desenvolver uma ferramenta de modelação computorizada que, um dia, em combinação com uma sonda espacial, poderá ajudar a interpretar os mistérios de Urano.

Para validar a exatidão da ferramenta, o cientista simulou as cores do céu conhecidas da Terra, Urano, Marte, Vénus e Titã, a maior lua de Saturno, durante o pôr-do-sol. As animações criadas demonstram o “Astro Rei” a pôr-se, sendo observado na perspetiva de alguém que estaria nos planetas ou lua em questão.

Além de planetas e de uma das luas do nosso Sistema Solar, Geronimo Villanueva, simulou um “pôr-do-sol” em TRAPPIST-1e, um exoplaneta que orbita em torno da estrela anã TRAPPIST-1, na constelação Aquário, a 40 anos-luz da Terra.

Nas animações, é possível ver, por exemplo, que o pôr-do-sol em Urano é marcado por tons de ciano que desvanecem para um azul escuro com toques de turquesa. A NASA explica que a cor do fenómeno no planeta é causada pela interação da luz solar com a atmosfera do planeta, repleta de hidrogénio, hélio e metano que absorvem as porções com maior comprimento de onda representadas pela cor vermelha.

Recorde-se que, em 2019, a sonda InSight da NASA, que tem como missão ajudar os cientistas a estudar Marte, tinha dado a conhecer ao mundo o aspeto do pôr-do-sol no Planeta Vermelho. Ainda antes, em 2015, o robot Curiosity já tinha captado o fenómeno em alta definição, assim como o Opportunity em 2010, que o apanhou em vídeo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.