Está concluída a mais ampla e profunda análise, feita até agora, em busca de indícios da existência de tecnologia alienígena. Os astrónomos usaram o telescópio Murchison Widefield Array (MWA), localizado na Austrália, para explorar um pedaço do Universo conhecido por incluir pelo menos 10 milhões de estrelas, mas sem sucesso.

A pesquisa, que durou 17 horas, foi feita em redor da constelação de Vela, escolhida por ter as condições ideais para a formação de novas estrelas, aproveitando as 4.096 antenas do MWA para tentar encontrar sinais rádio emitidos por alguma civilização extraterrestre.

De acordo com os resultados do estudo, divulgados publicamente, o telescópio procurou por emissões rádio, em frequências semelhantes às frequências de rádio FM, que pudessem indicar a presença de tecnologia. Essas possíveis emissões são conhecidas como tecnoassinaturas, mas não foram detetadas.

Embora esta tenha sido a mais ampla e profunda análise feita até agora, a comunidade científica não ficou surpreendida com o resultado.

“Como Douglas Adams referiu em ‘The Hitchhikers Guide to the Galaxy’, o Espaço é grande, realmente grande”, diz Steven Tingay, um dos responsáveis pelo estudo. “E mesmo que esta tenha sido uma análise muito alargada, a quantidade de espaço que observámos foi o equivalente a tentar encontrar algo nos oceanos da Terra, mas procurando apenas num volume de água equivalente a uma piscina de casa”, acrescenta na nota divulgada à imprensa.

Pentágono ainda continua à “caça” de fenómenos aéreos não identificados (e não só de aliens)
Pentágono ainda continua à “caça” de fenómenos aéreos não identificados (e não só de aliens)
Ver artigo

Não sendo possível adivinhar de que forma as civilizações alienígenas – a existirem – usam a tecnologia, é necessário pesquisar de muitas maneiras diferentes, defende o investigador. “Usando radiotelescópios, podemos explorar determinada área a oito dimensões”.

Embora haja um longo caminho a percorrer na busca por inteligência extraterrestre, Steven Tingay acredita que telescópios como o MWA conseguirão superar os seus limites por isso a intenção é “continuar a procurar”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.