O telescópio espacial da NASA Hubble tem captado a essência do Universo há 30 anos e a NASA voltou a renovar o catálogo das imagens. As mais de 50 novas fotografias processadas mostram 30 corpos celestes, desde galáxias a clusters de estrelas cintilantes.

E há algo "muito especial" nestes 30 corpos celestes. Como a NASA explica, todos eles podem ser observados através de um telescópio no jardim de casa e alguns deles até mesmo a olho nu ou com binóculos.

Veja na galeria algumas das novas imagens captadas pelo Hubble

A agência espacial explica ainda que alguns dos corpos celestes surgem em mais do que uma imagem no catálogo, com as fotografias a serem recolhidas ao longo da "jornada" do Hubble e utilizadas para investigações científicas ou testes. No entanto, só mais recentemente é que a NASA processou totalmente as imagens para divulgação pública.

A NASA lançou em abril de 1990 o Hubble. Depois de ser atualizado cinco vezes por tripulações de astronautas que caminhavam no espaço, o telescópio está hoje, aos 30 anos, “ainda melhor do que quando foi lançado e continua a fazer descobertas inovadoras”, garante a agência espacial.

30 anos do Telescópio Hubble: O “olho” humano no espaço continua a sua jornada até ao infinito
30 anos do Telescópio Hubble: O “olho” humano no espaço continua a sua jornada até ao infinito
Ver artigo

Entre o seu trabalho mais recente, o Hubble mostrou este mês um exoplaneta com um comportamento parecido com o procurado Planeta Nove. Em agosto, foi a vez de ser o primeiro telescópio espacial a “espreitar” um eclipse lunar total.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.