Rudy Mendes é lusodescendente e dono da empresa de drones Skycine, tendo operações em França e no Canadá. Mas o novo projeto do empresário passa por outra vertente do segmento dos drones - a pilotagem.

Através da abertura de uma escola de voo na freguesia de Cortes de Meio, na Covilhã, Rudy Mendes quer mostrar como os drones são uma mais valia para o estudo da natureza e até para o combate às chamadas durante as épocas críticas.

Foram até os incêndios que houve na Serra da Estrela em 2013 que impulsionaram o projeto em território nacional. "No ano passado, os incêndios que se registaram na região fizeram-me pensar que era importante trabalhar aqui", explicou o empresário à Lusa.

A nível de incêndios, por exemplo, um drone é capaz de sobrevoar a área e definir com precisão a posição do fogo e qual a zona já afetada. Com informação mais precisa a ação dos bombeiros e proteção civil pode também ela ser mais concreta e coordenada.

De acordo com Rudy Mendes, prevê-se que dentro de pouco tempo a União Europeia exija que todos os pilotos de drones tenham formação, sendo portanto esta uma iniciativa que antecipa uma obrigatoriedade e que vai gerar procura. Até ao final do ano deve acontecer a inauguração da escola.

Amanhã, 26 de fevereiro, membros da Câmara Municipal da Covilhã, da Proteção Civil Municipal, da Proteção Civil Distrital, dos bombeiros locais e da Universidade da Beira Interior vão assistir a um voo experimental que vai mostrar as mais valia da prática dos drones em zonas com muita área verde.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.