A Google e a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) uniram-se para um acordo de colaboração com o objetivo de apoiar projetos de investigação na área de inteligência artificial. Como resultado, serão atribuídos até 2 milhões de dólares em recursos tecnológicos de apoio a projetos relacionados com IA, durante os próximos dois anos. Essencialmente, o apoio diz respeito à disponibilização de créditos para serviços de IA da plataforma Google Cloud, atribuídos através de um concurso de projetos previsto para o próximo mês de setembro.

A FCT refere que numa primeira fase do apoio, as áreas prioritárias de investigação de IA serão focadas no processamento de Língua Natural, com a criação de modelos e ferramentas direcionados à língua portuguesa; a IA Responsável, ligado aos princípios éticos que permitam a explicabilidade do seu comportamento.

No segundo ano, a iniciativa vai ser alargada, de forma a criar-se um ecossistema de suporte às atividades de investigação e inovação de IA em Portugal. A iniciativa procura continuar as histórias de sucesso de empresas como a UnBabel e Priberam, dadas como exemplos de histórias de sucesso no que diz respeito à disponibilização em grande escala do acesso à informação e comunicação entre idiomas, culturas e competências. A colaboração com a Google vai também permitir um complemento aos apoios já existentes e prestados pela FCT, através da Rede Nacional de Computação Avançada.

“A tecnologia tem um papel importante a desempenhar na construção de uma recuperação inclusiva, sustentável e verde. As parcerias público-privadas são a base deste trabalho, e a Google continua a unir esforços com o governo português de forma a garantir que ninguém é deixado para trás na transição digita”, salienta Fernando Pereira, vice-presidente da Google, para a área de linguagem natural e aprendizagem da máquina, a propósito da parceria.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.