Os rumores de que a Apple está a construir o seu veículo autónomo continuam a ser alimentados, com cada vez mais indícios dessa possibilidade. A Hyundai declarou que está a cooperar com a Apple no desenvolvimento de veículos autónomos e sistemas de baterias. Este anúncio fez disparar o valor das suas ações na bolsa em 19%, em cerca de 8 mil milhões de dólares, esta sexta-feira, adianta a Bloomberg.

No entanto, a fabricante sul-coreana deu um passo atrás nas suas declarações, e fez duas correções, retirando o que disse. Primeiro referindo que foi uma das empresas contactadas pela Apple para o desenvolvimento de um automóvel autónomo. Depois, passado algumas horas, a fabricante afirmou que foi contactada por parceiros para o desenvolvimento de carros elétricos autónomos, removendo qualquer referência à Apple. Um canal de economia coreano também noticiou que havia discussões entre a Hyundai e a Apple para o projeto, aguardando a autorização do seu chairman.

tek hyundai

A gigante de Cupertino é conhecida pelo secretismo em torno dos novos produtos, tecnologias e sobretudo parcerias. É salientado que o desenvolvimento do Apple Car ainda está numa fase inicial de produção, e segundo declarações de pessoas com conhecimento do projeto disse à Bloomberg que o mesmo não deverá ser conhecido em menos de cinco anos.

Relativamente à capacidade da Apple produzir o seu próprio carro, os especialistas afirmam que a empresa da maçã precisa mesmo de uma parceria com uma fabricante de automóveis, porque não tem capacidade de produção e redes de negócio para vender os seus veículos. Essa infraestrutura demora muito tempo a estabelecer e uma parceria é um atalho para colocar mais rapidamente os carros na estrada.

De notar que recentemente a Hyundai fez uma aquisição muito importante da Boston Dynamics. A tecnologia da empresa vai também permitir criar sinergias com os veículos autónomos da marca, assim como ajudar no desenvolvimento das fábricas inteligentes. A empresa assume-se agora como um fornecedor de soluções no sector da mobilidade inteligente. Para tal, tem vindo a investir em áreas como a tecnologia de condução autónoma, conetividade, veículos amigos do ambiente, fábricas inteligentes, materiais avançados, inteligência artificial, e claro robótica. Esses elementos podem ser uma vantagem para as ambições da Apple na criação do seu veículo.

Apesar da Apple poder ser a grande rival da Tesla, na questão dos veículos elétricos autónomos, Elon Musk afirmou que "nos dias mais sombrios do programa Model 3” entrou em contacto com o CEO da Apple para lhe propor a venda da Tesla por “um décimo do valor atual”. No entanto, Tim Cook “recusou-se a aceitar uma reunião”, afirmou o magnata. As declarações surgiram a propósito dos mais recentes rumores do envolvimento da Apple no desenvolvimento de um novo design de bateria de monocélula, permitindo a introdução de mais material ativo, sendo feita à base de lítio e fosfato de ferro: dois compostos com menor tendência a sobreaquecer, tornando-a mais segura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.