A Volkswagen e o Qatar celebraram um acordo que trará à capital do país uma frota de veículos elétricos e autónomos antes de 2023. Ao todo serão 35 viaturas ID Buzz, com capacidade para quatro passageiros cada, que farão rotas fixas na região de Westbay. A fabricante alemã vai, em parceria com a Audi, operar o software necessário para gerir o serviço.

Os testes vão começar em 2020 e as primeiras viagens experimentais começarão um ano mais tarde.

Apesar de já existirem serviços autónomos de transporte em algumas cidades, nenhum deles tem, até à data, esta escala. O apoio da Volkswagen também aumenta a relevância da iniciativa, uma vez que as grandes marcas do mercado automóvel não têm apoiado a implementação de frotas desta natureza no mundo real.

O sucesso desta rede pode ajudar a marca a ganhar terreno no mercado, e mais especificamente no segmento dos transportes públicos. Para já, Doha é a cidade ideal para testar o conceito, uma vez que as estradas são relativamente novas e a meteorologia não cria grandes problemas à circulação de veículos.

Em 2020 vamos assistir a outra prova de fogo, desta feita em Tóquio, durante a próxima edição dos Jogos Olímpicos, onde vários shuttles elétricos deverão ser utilizados para transportar staff e público entre pontos estratégicos do evento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.