O grupo Anonymous Portugal alega ter conseguido bloquear o acesso às páginas online dos grupos sindicais CGTP e UGT, em protesto pelo mau desempenho que as organizações têm prestado aos trabalhadores. O ataque parece não ter agradado a alguns internautas portugueses.

A iniciativa que ficou conhecida como #OpFakeUnionPT terá servido para mostrar o descontentamento do grupo hacker "acerca do trabalho feito por estas comissões de gente que está bem na vida e que não se preocupa minimamente com as condições de vida e de trabalho dos trabalhadores de todos os sectores laborais".

"Com tudo isto, assinalaremos este dia do trabalhador (01/05/2013) com um pequeno protesto a fim de acordar mais aqueles que mensalmente pagam uma percentagem aos sindicatos representados nos seus locais de trabalho, por gente que apenas quer boa vida à conta dos demais", acrescentam os Anonymous Portugal.

Nos meios de divulgação do grupo hacker foram publicadas as seguintes imagens:

[caption]Anonymous Portugal[/caption]

[caption]Anonymous Portugal[/caption]

O TeK contactou a CGTP e a UGT para confirmar a existência dos ataques. Os responsáveis pela comunicação da UGT afirmam que não têm conhecimento de nenhum ataque ou de algum problema com a página e nem da parte dos gestores do servidor receberam uma notificação nesse sentido. A CGTP ainda não respondeu às questões colocadas.

Ao que o TeK apurou o alegado ataque terá ocorrido já no final do dia e não terá durado mais do que meia hora.

Como é hábito nos ataques dos Anonymous houve utilizadores que aplaudiram a iniciativa mas desta vez é possível verificar que o ataque às centrais sindicais portuguesas gerou desagrado noutra fatia de utilizadores que dizem que começam a desconfiar das verdadeiras intenções do grupo, que são inclusive acusados de infantilidade.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.