Sobretudo em dias sem aulas, e mesmo antes do confinamento devido à pandemia da COVID-19, o telemóvel é cada vez mais usado pelos jovens, que passam uma média de quatro horas nas redes sociais. Este é o retrato que resulta do Estudo sobre o Consumo de Álcool, Tabaco, Droga e outros Comportamentos Aditivos e Dependências – 2019, que abrangeu mais de 26 mil estudantes com idades entre os 13 e os 18 anos.

O relatório síntese foi divulgado hoje pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), resultando de um inquérito realizado em 734 escolas do ensino público, com alunos de 1.550 turmas a participarem de forma anónima, e ainda em sala de aula.

De acordo com os dados, a utilização das redes sociais é massiva. 96% acederam a redes sociais na semana anterior, e a grande maioria (72%) jogou jogos eletrónicos no mês anteriores. Regista-se que uma fatia importante, 13% tinha jogado a dinheiro nos últimos 12 meses.

Redes sociais: 80% dos utilizadores portugueses de internet usam estas plataformas
Redes sociais: 80% dos utilizadores portugueses de internet usam estas plataformas
Ver artigo

Em termos de regularidade, o estudo mostra que 55% acederam a redes sociais durante quatro ou mais horas num dia sem escola, mas que a percentagem descia nos dias de aulas, fixando-se nos 32%.

Nos jogos eletrónicos o número dos que passam quatro ou mais horas por dia a jogar é mais baixo, com 29% a admitirem que o fizeram no mês anterior, nos dias sem escola e  11% a referirem que jogam durante esse tempo nos dias de escola

Em relação aos jogos a dinheiro, refere-se que os adolescentes fazem apostas desportivas e jogam na lotaria, sobretudo, mas também jogam cartas ou dados e slot machines.

A análise centra-se também no consumo de álcool, tabaco, droga e medicamentos, fazendo o paralelo com os dados que tinham sido registados em 2015.

Nota da Redação: A notícia foi atualizada com mais informação e os gráficos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.