Filmes originais da Netflix não têm brilhado no grande ecrã. A empresa tem optado por lançar as suas criações na sua própria plataforma de streaming e a decisão já provocou celeuma no festival cinematográfico de Cannes, onde as películas criadas pela empresa foram retiradas da competição por não terem estado em exibição em qualquer sala. No entanto, isto pode mudar. De acordo com Richard Gelfond, CEO da IMAX, a sua empresa está em conversações adiantadas com "todas as plataformas de streaming" para garantir estreias de originais em cinema. Aos investidores, Gelfond não adiantou se as partes estavam perto de chegar a acordo, mas afirmou que era apenas uma questão de tempo.

O responsável máximo pela IMAX comentou ainda que era "inevitável", que empresas como a Netflix e a Amazon decidissem apostar em lançamentos maiores, dada a quantidade de dinheiro envolvida na indústria do entretenimento audiovisual. Gelfond argumentou ainda que esta transição para o "big screen" só tinha a beneficiar com os ecrãs da IMAX.

Neste caso, os filmes não deverão permanecer em exibição durante largos períodos de tempo e a IMAX está disposta a compactuar com este requerimento nos seus cinemas. Nesta altura não é claro se as empresas de streaming estão interessadas em alargar as conversações a outras empresas de cinema. No passado, a exibição de filmes originais da Netflix não foi vista com bons olhos, uma vez que os custos poderiam não oferecer um retorno suficiente, dado que os conteúdos seriam rapidamente disponibilizados online pouco tempo depois.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.