A Google poderá estar prestes a sentir novamente a mão pesada da Comissão Europeia que acusa a empresa liderada por Sundar Pichai de abusar da sua posição dominante no mercado dos sistemas operativos.

Margrethe Vestager, a comissária europeia para a área da concorrência deverá impôr, já no próximo mês de julho, uma multa que pode  chegar aos 11 mil milhões de dólares (9,3 mil milhões de euros), ou seja, 10% das receitas da empresa-mãe da Google, a Alphabet, avança o Financial Times.

Em 2016, Bruxelas acusou a Google de exigir que os fabricantes de telemóveis pré-instalassem o navegador da empresa nos dispositivos o que terá prejudicado não só a concorrência, mas também as opções de escolha dos consumidores.

"Um setor de internet móvel competitivo é cada vez mais importante para os consumidores e as empresas na Europa", terá dito Margrethe Vestager naquela altura, reforçando que o comportamento da Google “nega aos consumidores uma escolha mais ampla de aplicações e serviços móveis e impede a inovação por parte de outros players, violando as regras anti concorrenciais da UE."

Google entra com recurso contra multa recorde imposta por Bruxelas
Google entra com recurso contra multa recorde imposta por Bruxelas
Ver artigo

O Android é atualmente o sistema operativo móvel mais popular do mundo e tem mais de 80% de quota de mercado, movimentando mais de três quartos dos smartphones na União Europeia, pelo que esta coima poderá representar um golpe significativo na empresa de tecnologia norte-americana que negou qualquer irregularidade.

Em junho do ano passado, o executivo europeu já terá aplicado uma multa de 2,4 mil milhões de euros à Google por abuso de posição dominante nas pesquisas relacionadas com comparadores de preços. Existe ainda uma terceira investigação à Google a decorrer por suspeitas de abuso de posição no segmento dos motores de busca.

A Google não é a única gigante tecnológica a enfrentar o escrutínio de Vestager. Também a Apple, Amazon , Facebook e Qualcomm foram “vítimas” da comissária europeia para a concorrência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.