O homebanking é o canal de contacto com o banco que mais tem crescido em Portugal nos últimos anos, triplicando os números observados em 2002.



Os resultados de 2010 do estudo Basef Banca, da Marktest, indicam que os caixas Multibanco continuam a ser o meio mais utilizado entre os portugueses residentes no Continente com 15 e mais anos para contactarem o seu banco principal (80,7%).



O segundo meio mais referido é o contacto pessoal com o balcão, indicado por 62.4% do universo em análise. A Internet/homebanking é a terceira forma de contacto mais utilizada (28,9%), à frente do contacto telefónico (11,1%).



A análise retrospectiva destes números permite identificar mudanças substantivas nos canais de contacto com o banco, sendo de referir em especial o aumento do número de utilizadores de homebanking.



Nos últimos nove anos, a banca através da Internet ultrapassou o contacto telefónico com o balcão, enquanto a utilização das caixas Multibanco superou a visita às sucursais.
O serviço de homebanking apresenta maior taxa de penetração junto dos homens, dos jovens dos 25 aos 34 anos, dos indivíduos das classes alta e média alta.



Também os técnicos especializados e pequenos proprietários ou dos empregados de escritório, comércio e administrativos, assim como os residentes na Grande Lisboa e no Grande Porto apresentam taxas acima da média.

[caption][/caption]

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.