O YouTube vai “em breve” ser a casa para uma nova vaga de vídeos mais imersivos: vídeos nos quais os utilizadores vão poder ter acesso a uma perspetiva em 360º. Quem o confirmou foi um um porta-voz da plataforma de vídeos à publicação Gizmodo.



A produção de conteúdos panorâmicos está cada vez mais na moda. Enquanto na área da fotografia os dispositivos móveis ajudaram os utilizadores a conseguir panorâmicas de forma simples, na área do vídeo são precisos equipamentos específicos.



Mas o crescimento da realidade virtual tem estimulado este mercado. Ricoh Theta, Kodak SP360, Bublcam ou o Project Beyond da Samsung estão entre os dispositivos que permitem captar vídeo em 360º.



Agora os produtores vão ter uma plataforma onde carregar os vídeos.



Ainda não é certo a data concreta do lançamento desta funcionalidade, nem se sabe de que forma funcionará. Mas olhando para outro produto em 360º da Google, o Street View, é possível que os vídeos imersivos venham a funcionar de forma semelhante pelo menos ao nível do desktop.



Já nos dispositivos móveis podem ser usados os sensores de posicionamento para alterar o vídeo consoante o movimento do utilizador.



Uma outra possibilidade está relacionada com o desenvolvimento de uma versão específica do YouTube para equipamentos de realidade virtual como o Oculus Rift ou o Samsung Gear VR - já que o Street View e o Chrome vão ser adaptados.



A Google pode também assim responder ao serviço Milk VR apresentado pela Samsung, que pretende ser justamente o YouTube dos equipamentos de realidade virtual, tal como foi referido no dia em que surgiram as primeiras informações sobre a plataforma.



O mercado da realidade virtual e dos conteúdos imersivos está a ser cada vez mais explorado pela gigante norte-americana, sendo os óculos de cartão compatíveis com smartphones um dos expoentes desta aposta.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.