A tecnológica portuguesa, especializada na implementação de soluções SAP, está especialmente atenta a oportunidade nos países francófonos da África ocidental e à Europa, revelou ao TeK Gonçalo de Seixas, responsável pelo desenvolvimento do negócio.



A empresa já angariou projetos em alguns destes países, de que é exemplo a Costa do Marfim, e considera que a estabilidade política da região e a economia organizada na maior parte dos países formam a combinação necessária para tornar apetecíveis as oportunidades de negócio que aí existem.




Na Europa, onde a ROFF anunciou recentemente o seu maior contrato de sempre, um acordo de três anos com uma empresa de aromas e fragrâncias para a manutenção de um sistema integrado de gestão, também há oportunidades em análise.




Para além da Suíça, onde foi assinado este acordo, a empresa está a rever o posicionamento das operações em França e na Bélgica, onde já tinha negócios. Os países têm sido usados como porta de entrada nos mercados de língua francesa, a ROFF está agora também a explorar oportunidades de negócio a nível interno.




Gonçalo de Seixas garante que continuam a existir boas oportunidades no mercado europeu, onde a gestão das empresas passou a ser mais rigorosa e está agora fortemente empenhada na otimização que as soluções têm para oferecer.




No final do ano passado a ROFF abriu também um escritório no Brasil. O balanço da operação é positivo, garante Gonçalo de Seixas, adiantando que a empresa ganhou recentemente dois grandes contratos no país. A execução dos novos projetos vai exigir um reforço da capacidade alocada ao país, mas o modelo de negócio mantém-se assente numa equipa local pequena, apoiada por recursos localizados em Portugal.




O projeto de implementação SAP na Costa do Marfim, que a ROFF está a desenvolver, chega ao terreno numa parceria com a Knewon do grupo ONI, que assegura a infraestrutura através da sua plataforma de cloud, uma parceria que as empresas demonstraram esta manhã no CA World em Las Vegas.




O processo de internacionalização da Roff teve início em 2006. Um dos últimos passos neste sentido foi a abertura de um escritório em Macau anunciada já este ano. A operação tem 10 consultores e um investimento de 1,5 milhões de euros.

Cristina A. Ferreira

Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.