O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ, na sigla em inglês) está a preparar-se para levar, novamente, a Google a tribunal. As práticas da gigante de Mountain View no mundo da publicidade digital voltam a ser o foco do DOJ, que a acusa de abusar da sua posição dominante.

Segundo fontes com conhecimento na matéria, a que a Bloomberg teve acesso, o processo será submetido num tribunal federal antes do final da semana.

Para o DOJ este será o segundo grande processo em tribunal contra a Google. Recorde-se que, em 2020, o Departamento processou a tecnológica, acusando-a de abusar da sua posição dominante no mercado e de prejudicar a concorrência. Esta foi considerada a maior ação legal antitrust desde o caso contra a Microsoft nos anos 90.

A confirmar-se, o novo processo afirmar-se-á também como a quinta grande ação legal nos Estados Unidos contra as práticas da empresa. Ao que tudo indica, um conjunto de procuradores de estado terá também submetido três processos antitrust paralelos contra a Google, com foco na pesquisa online, publicidade digital e apps Android.

Casa-mãe da Google vai despedir 12.000 trabalhadores
Casa-mãe da Google vai despedir 12.000 trabalhadores
Ver artigo

Para lá de processos em tribunal, a Google pode enfrentar "águas turbulentas" depois da sua casa-mãe, a Alphabet, ter anunciado que vai despedir 12.000 trabalhadores. Os despedimentos globais vão afetar várias  equipas da empresa: da área do recrutamento a engenheiros e colaboradores especializadas no desenvolvimento de produtos

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.