De acordo com uma notícia avançada pelo Nikkei Asian Review, a Google planeia deslocalizar em breve a produção dos seus smartphones Pixel para o Vietname, tendo intenções de construir uma cadeia de fornecimento no sudeste asiático. Com o cerco da administração Trump cada vez mais apertado no que diz respeito às restrições e taxas aplicadas aos produtos fabricados na China, empresas à semelhança da gigante da tecnologia estão à procura de alternativas viáveis às fábricas chinesas com as quais trabalham.

Para levar a cabo o seu projeto, a empresa americana decidiu converter uma antiga fábrica da Nokia na província vietnamita de Bac Ninh. Segundo informações reveladas ao Nikkei Asian Review por duas fontes que estão a trabalhar de perto com a Google, a sua mudança estratégica foi iniciada no verão deste ano, tendo-se instalado na mesma região onde a Samsung localizara a sua produção de smartphones há dez anos atrás.

Embora as fontes não tenham revelado qual é a empresa com a qual a Google fez parceria para a produção dos seus smartphones, Tim Culpan, jornalista da Bloomberg, sugeriu no seu Twitter, que existe uma forte possibilidade de esta ser a FIH Mobile. Tal como indica o The Verge, a subsidiária da Foxconn, a fabricante taiwanesa de computadores e componentes eletrónicos, comprou a antiga fábrica da Nokia à Microsoft em Maio de 2016.

A mudança das linhas de produção para o Sudeste Asiático enquadra-se na estratégia de crescimento da empresa da Alphabet na área dos smartphones, uma vez que tenciona colocar, ainda neste ano, entre 8 a 10 milhões de dispositivos no mercado, afirmam as fontes próximas. Apesar de ainda ser um dos nomes menores nesta indústria, as previsões apontam para essa situação rapidamente se altere.

Ainda que a empresa planeie a deslocalização da produção das suas colunas inteligentes para a Tailândia a gigante da tecnologia não sairá completamente da China. Tal como revelam fontes próximas da Google, o desenvolvimento e a produção inicial de novos equipamentos, à semelhança no novo Pixel 4, manter-se-á no país.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.