A gigante da Internet anunciou a criação da Google Ventures, um fundo de investimento que conta com 100 milhões de dólares para o financiamento de empresas em início de "percurso", durante os próximos 12 meses.

O fundo de investimento será totalmente controlado pela Google, mas vai operar de forma independente. Rich Miner, co-fundador da empresa Android, adquirida pela gigante das buscas em 2005 e que dá nome à plataforma móvel da marca, e Bill Maris serão os responsáveis pela gestão do fundo de venture capital.

Segundo os seus directores, a Google Ventures está disposta a investir em várias áreas, nomeadamente Internet, software, tecnologias "limpas", biotecnologia e saúde, referem num post publicado recentemente no blog da empresa.

"Os tempos são difíceis, mas as boas ideias surgem em qualquer momento", escrevem os directores do fundo. "Pensamos que a recessão actual é o momento ideal para investir em empresas emergentes que, quiçá, serão os gigantes do futuro. Vamos trabalhar muito para descobri-las", prometem.

A Google Ventures já fez dois investimentos: no Pixazza, um serviço de fotografia online, e na Silver Spring Networks, uma empresa que utiliza novas tecnologias para aumentar a eficiência de redes eléctricas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.