As grandes linhas do programa Startup Portugal foram apresentadas esta terça-feira pelo Primeiro-ministro António Costa. Da iniciativa fazem parte 15 medidas, que resumem a estratégia do Governo para a área do empreendedorismo e que pretendem responder às necessidades de novos projetos empresariais desde a fase da ideia, até à chegada aos mercados internacionais.

Atrair investidores nacionais e estrangeiros; criar um sistema de empreendedorismo à escala nacional; promover e acelerar o crescimento de startups nos mercados externos; e cofinanciar startups são as áreas cobertas nas medidas definidas para implementar a estratégia.

António Costa apresentou o Programa Startup Portugal esta terça-feira na inauguração da nova sede da Uniplaces, a primeira hospede da Startup Lisboa, projeto que o Governo quer usar como referência para o resto do país.

A Portugal Ventures desempenha um papel central na nova estratégia e deixa de estar exclusivamente focada no investimento em projetos com potencial de expansão internacional, para passar a ter responsabilidades na ativação e promoção do ecossistema. Também caberá à Portugal Ventures a aplicação, fiscalização e coordenação das 15 medidas que constituem a estratégia.

 15 medidas de apoio ao empreendedorismo

  • Alavancar a participação portuguesa no Web Summit
  • Criar a Zona Franca Tecnológica - Portugal
  • Criar os Vales de Incubação e de Aceleração
  • Criar uma Aceleradora portuguesa de referência na Europa
  • Criar uma rede nacional de Fab Labs
  • Lançar a Rede Nacional de Incubadoras
  • Lançar as Calls Startup Portugal
  • Lançar linhas de co-financiamento com Business Angels
  • Lançar linhas de co-financiamento com Capitais de Risco
  • Lançar o Programa Momentum
  • Lançar o Programa Semente
  • Lançar o Startup Voucher
  • Orientar o Simplex também para as startups 
  • Promover as startups portuguesas nos maiores eventos tecnológicos do mundo
  • Regulamentar novas formas de financiamento: equity crowdfunding e peer-to-peer

 

A Uniplaces desenvolveu uma plataforma com ofertas de alojamento para estudantes deslocados noutros países, um projeto que nasceu em 2011 e hoje dá emprego a 130 pessoas. A nova sede da empresa é na zona do Rossio, em Lisboa.   

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.