Com a China sólida no primeiro lugar da lista de mercados de smartphones, e a Índia a crescer a olhos vistos, os Estados Unidos estarão perto de perder o segundo lugar do top. A conclusão é da Statista, que adianta ainda, num relatório publicado recentemente, que esta ultrapassagem será concretizada no espaço de dois anos.

China e Índia são os maiores mercados de internet do mundo
China e Índia são os maiores mercados de internet do mundo
Ver artigo

De acordo com a mesma empresa, a Índia deverá reunir uma quota de mercado de 15% até 2019, ao passo que os EUA não terão mais de 10%. A China, que atualmente detém 31%, vai manter-se como número um.

A procura por smartphones no mercado indiano tem aumentado exponencialmente graças à chegada de equipamentos mais económicos, como é o caso dos equipamentos da Oppo, Vivo e Xiaomi. Em adição, a larga base de potenciais utilizadores é também um factor que influência esta hipótese, uma vez que os Estados Unidos têm cerca de 320 milhões de habitantes e a Índia chega aos 1.000 milhões.

Em consequência, as grandes tecnológicas têm apostado cada vez mais em consolidar a sua presença naquele país. Para além da Apple, que já produz parte dos seus equipamentos na Índia, também a Xiaomi abriu uma segunda fábrica de telemóveis na região, capaz de produzir um smartphone por segundo durante o horário operacional. A Samsung é outra das empresas interessadas em escalar a sua produção e vai duplicar o tamanho das suas infra-estruturas em Noida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.