Mais de 2 mil pessoas estão entre hoje e amanhã, 12 e 13 de maio, em Orlando para a Lenovo Accelerate 2019, a conferência para empresas e parceiros, mas também para indústria, da marca chinesa, e em foco estão as soluções inteligentes para transformar as empresas e o posto de trabalho, com casos de aplicações em diferentes segmentos de negócio.

A conferência só começa oficialmente ao fim do dia, mas os jornalistas já tiveram acesso a algumas das novidades que a Lenovo trouxe especialmente para Orlando, incluindo uma nova sub marca de portáteis para as PME, a ThinkBook, soluções de Internet das Coisas suportadas em Azure, novos óculos de Realidade Aumentada e PCs ainda mais pequenos, o ThinkCenter Nano que a empresa garante ser a solução de desktop comercial mais compacta do mundo.

Jerry Paradise, vice presidente da área comercial da Lenovo começou por mostrar a segunda geração do ThinkPad X1 Extreme, agora com um ecrã de 15,6 polegadas OLED 4K, sensível ao toque, e melhorias ao nível da qualidade de som com colunas certificadas com Dolby Atmos. O design de fibra de carbono é agora mais evidente na capa traseira, uma opção que o responsável de produto disse ser um pedido dos utilizadores.

Apesar de pequeno, foi o ThinkCentre Nano que chamou mais a atenção nesta gama de produtos. Jerry Paradise garante que é o desktop mais pequeno e completamente funcional do mundo, e que também é mais económico, poupa mais 30% de energia do que a geração anterior, o Tiny. Através de USB-C pode ligar-se a outros dispositivos, como ecrãs, carregadores e outros, e pode ser montado atrás de um monitor, na parede ou em secretárias.

Há ainda soluções para Io, com o Nano IoT, preparado para situações mais exigentes em termos de ambiente, com a vantagem de não ter ventoinha nem nenhuma outra parte móvel, tornando-se mais resistente.

A Realidade Aumentada a tomar conta de várias áreas de negócio

O caminho de smarter business da Lenovo passa também pela realidade aumentada, que está a ter uma presença real em várias áreas de negócio. “Está ainda na fase inicial mas eventualmente vai estar em todo o lado”, afirmou Jon Pershke, vice presidente de estratégia e desenvolvimento de negócios emergentes da Lenovo.

Também aqui a empresa tem uma nova marca, a ThinkReality, que agrega a oferta dos novos óculos de realidade virtual com o software e as soluções que sustentam a adaptação às necessidades de cada cliente, incluindo os serviços profissionais.

Os óculos ThinkReality A6 permitem aos utilizadores identificar, interagir e colaborar com informação sobreposta aos objetos reais e a Lenovo pensou no conforto e na usabilidade de utilizadores que podem ter de usar o dispositivo durante várias horas, autonomizando a bateria que pode ser pendurada ao pescoço, não pesando no headset. A modularidade é uma das apostas de diferenciação.

Lenovo ThinkReality A6

Mesmo assim, Jon Pershke explica que este é um mercado onde ainda há muito para fazer. “É um mercado virgem. Estamos a aperfeiçoar a solução nos próximos meses com os nossos parceiros, mas o headset vai estar disponível para venda numa edição muito limitada”, garantiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.