Os lucros da Siemens desceram 81 por cento no primeiro trimestre do exercício fiscal 2008/2009 para os 1,2 mil milhões de euros, deixando para trás os 6,5 mil milhões de euros obtidos há um ano.

De acordo com os dados publicados pela companhia, a redução em 5,3 mil milhões de euros face ao período homólogo está relacionada com a parte que a Siemens recebeu pela venda do fornecedor VDO Automotive. Nesse negócio, a fabricante recebeu 5,4 mil milhões de euros.

Tendo este factor em conta, a fabricante considera que teve um bom início de ano fiscal mesmo que marcado, em parte, pela crise económica mundial que tornará cada vez mais difícil a chegada aos benefícios de 8 a 8,5 mil milhões de euros estimados como meta pela Siemens.

Por fim, e apesar da crise, a facturação do primeiro trimestre aumentou em sete por cento face ao mesmo período do ano passado, chegando aos 19,6 mil milhões de euros. As encomendas recebidas pela fabricante baixaram 8,3 por cento, dos 24,2 para os 22,2 mil milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.