Em Portugal Continental mais de 1,1 milhões indivíduos revelam fazer o download de músicas na Internet, o que representa cerca de 32,9 por cento dos utilizadores com 15 e mais anos que acedem à Internet, mostra uma análise recentemente divulgada a partir do Bareme Internet da Marktest. Os resultados do inquérito nunca diferenciam entre downloads pagos ou ilegais, usando as redes P2P, pelo que é impossível fazer a ligação com o crescimento de lojas de música online.


De acordo com os dados, a popularidade dos downloads é maior entre estudantes - 51,3 por cento dos inquiridos - e dos jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 24 anos, com 52,1 por cento de respostas positivas, seguindo-se da faixa etária 15 -17 com pouco menos de 50 por cento dos utilizadores a assumirem efectuar downloads de músicas.



Na distribuição por localização geográfica, a maioria dos utilizadores que assume esta prática situa-se no Sul (42,6 por cento), seguindo-se do Litoral Centro com mais de 30 por cento dos inquiridos.



Entre as classes sociais são os indivíduos da classe média baixa os maiores apreciadores de downloads (39,9 por cento), seguindo-se a classe média, que se fixa perto dos 35 por cento.



Dentro das preferências de entretenimento e lazer dos internautas, os resultados do Bareme Internet revelam que a Internet é utilizada por 636 mil portugueses para jogar online e por 551 mil para ouvir música online, enquanto 497 e 495 mil utilizadores utilizam a rede para, respectivamente, fazer download de jogos e de filmes.



O estudo mostra ainda que a marcação de férias ou de alojamento via Net é usada por 443 mil portugueses, o que corresponde a 12,9 por cento dos utilizadores de Internet.

Notícias Relacionadas:

2006-05-24 - Consumidores consideram segura a utilização da Internet

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.