Embora não esteja no topo do ranking a nível internacional, a Microsoft continua a ser considerada em Portugal como a melhor empresa para trabalhar. A análise coloca a subsidiária portuguesa no topo de uma lista de 250 companhias pelo terceiro ano consecutivo.

O ranking resulta de uma parceria entre a revista Exame e a Heidrick & Struggles (H&S) e está sujeito a uma análise de candidaturas apresentadas pelas próprias empresas, após o que é feito um estudo por consultores especializados e entrevistas a funcionários.

No caso da Microsoft os factores destacados são a política de compromisso de todos e o programa de reconhecimento de prémios em dinheiro. Há ainda outros benefícios considerados importantes pelos trabalhadores da multinacional, como a disponibilidade de um serviço de manicure no escritório que funciona às segundas-feiras de manhã e aulas de ioga, de ginástica e massagens.

Entre as 37 empresas destacadas na análise a Re/max manteve o segundo lugar e subiu para terceiro posto a Genzyme, uma empresa de biotecnologia. Entre as subidas de destaque contam-se ainda a "Abreu Advogados", que subiu do 11º lugar que ocupou em 2007. Este escritório de advogados tornou-se assim a melhor empresa portuguesa neste ranking, roubando a posição ao Millennium BCP, que caiu para o 13º lugar.

A EDP e o Banco Espirito Santo sofreram também quedas no ranking deste ano, passando de 10º para 17º e de 9º para 19º lugar, respectivamente.

Notícias Relacionadas:

2008-01-24 - Google é a melhor empresa para se trabalhar pelo segundo ano consecutivo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.