Um estudo recente da Pew Internet and American Life Project revela que embora os homens continuem a desenrolar um conjunto mais vasto de actividades online e a ser mais atentos às novidades tecnológicas, as mulheres estão a aproximar-se dos níveis de utilização da Internet dos homens na maioria dos domínios, com especial destaque para as tarefas que implicam ligações a pessoas.



Os números apurados revelam que a percentagem de mulheres utilizadoras de Internet continua um pouco abaixo da percentagem de homens que acedem à rede, sendo apurada uma taxa de 66 por cento para as mulheres e 68 por cento para os homens, isto embora a idade dos utilizadores faça oscilar a taxa. No caso das mulheres, o escalão etário que mais utiliza a Internet é o das mulheres entre os 18 e os 29 anos com 85 por cento, um valor mais alto que o masculino que ronda os 80 por cento nas mesmas idades.



O estudo diz no entanto que mulheres e homens são unânimes em reconhecer como principal vantagem da Internet a sua eficiência, especialmente importante para ajudar na realização de tarefas que tenham a ver com pagamentos, quer seja de contas, quer seja na compra de bilhetes.



A forma de lidar com toda a panóplia de informação disponível é no entanto diferente de homens para mulheres e enquanto os homens preferem navegar na rede tendo acesso a um pouco de tudo, as mulheres optam por aprofundar assuntos. No topo das preferências estão temas como a saúde.



A Pew Internet considera por isso que os homens se relacionam melhor com o turbilhão de informação que a Internet lhes proporciona, enquanto as mulheres preferem manter o controlo da situação e conhecer as opções à sua disposição de forma mais gradual.



Notícias Relacionadas:

2005-07-28 - Cerca de 87 por cento dos jovens americanos usam a Internet

2005-03-24 - Swappers escolhem meios alternativos às redes P2P para trocarem ficheiros

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.